© 2018 por Assemblage Produtora 
ID visual por Ingrid Bittar - 2014

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social
  • Vimeo ícone social
Modos de Existência
em Tempos de Assombro

29/11

Novembro

Período: 30/11
Carga Horária: 6h

Sábado das 10:30 ás 13:30

e das 14:30 ás 18:30
 

 

Investimento:

R$ 200,00 

R$ 125,00 graduandos

Local > Porto Alegre, Centro
 

Fora da Asa - Experiências Plurais
Rua José do Patrocínio, 642/B
Cidade Baixa - Porto Alegre/RS

No interior de nossa atualidade, por vezes temos a impressão de que todos almejam o mesmo – dinheiro, conforto, segurança, ascensão social, prestígio, prazer, felicidade. Ou será essa apenas uma miragem enganosa, disseminada pela cultura midiática e publicitária, por um suposto consenso capitalista ou necropolítico, que camufla formas de vida em luta, não apenas classes em luta, mas também modos de existência que colidem, formas-de-vida distintas em embate flagrante?

Daí a tematização mais filosófica da temática dos modos de existência, das maneiras de viver, das formas de vida menores, da estética da existência, na esteira de uma pesquisa em torno da biopolítica e de seus contra-movimentos. Os autores convocados serão sobretudo Souriau, Simondon, Deleuze, Guattari, Foucault, Deligny, Lapoujade, Mbembe.

 

Bibliografia sumária

 

Étienne Souriau

Les différents modes d´existence

 

Bruno Latour

Enquête sur les modes d´existence

 

Gilles Deleuze

Nietzsche e a filosofia

 

Gilles Deleuze e Félix Guattari

Mil Platôs

 

Fernand Deligny

Oeuvres

 

Giorgio Agamben

Meios sem fim

 

Michel Foucault

A coragem da verdade

 

David Lapoujade

As existências mínimas

 

Achille Mbembe

Crítica da razão negra

Peter Pál Pelbart

É professor titular de filosofia na PUC-SP. Escreveu principalmente sobre loucura, tempo, subjetividade e biopolítica. Publicou O avesso do niilismo: cartografias do esgotamento, entre outros. Traduziu várias obras de Gilles Deleuze. É membro da Cia Teatral Ueinzz, e coeditor da n-1 edições.